CDU reuniu com Sociedade Recreativa Musical Trafariense e Associação de Moradores do 2º Torrão

Prosseguindo o conjunto de iniciativas no quadro da intervenção pública dos vereadores eleitos pela CDU na CM Almada, realizaram-se em 24 de março duas reuniões de trabalho com a Direcção da da Sociedade Recreativa Musical Trafariense e Direção da Associação de Moradores do Bairro do 2º Torrão (Trafaria).

Lançado dia 31 de maio de 2017, o concurso para aquisição de sete viaturas pesadas de 7 toneladas com plataforma elevatória, num investimento de cerca de 418 mil euros, foi adjudicado na reunião da Câmara Municipal de 21 de março de 2018.

Almada está agora em melhores condições de satisfazer necessidades de limpeza e higiene urbana e de corresponder às solicitações que lhe sejam feitas para limpeza das matas.

Quando em maioria na Câmara Municipal de Almada, a CDU sempre assumiu publicamente as dificuldades colocadas à prestação do serviço público municipal pelas políticas de austeridade que, violando o princípio da autonomia do Poder Local, lhe foram impostas por sucessivos governos. Nas áreas da manutenção de estradas e arruamento e da higiene e limpeza urbana a situação assumiu maiores dimensões fruto dos obstáculos colocados ao recrutamento de pessoal e à degradação dos serviços da AMARSUL no processo que culminou com a sua privatização.

Nos anos de 2016 e 2017, com a eliminação progressiva dos constrangimentos impostos aos municípios, a Câmara Municipal de Almada, com maioria CDU, lançou um conjunto de medidas com o objetivo de inverter a situação.

Depois de ter procedido a um amplo recrutamento de pessoal necessário, em 2016 iniciou um vasto conjunto de obras de reabilitação de estradas e arruamento, que ainda está em curso.

Durante o ano de 2017, foram celebrados contratos de prestação de serviços: para lavagem de contentores coletivos e de superfície, enterrados e semi-enterrados em todo o Concelho, envolvendo um investimento de quase 98 mil euros e cuja execução se iniciou em 20 de março de 2017; para recolha de óleos alimentares e manutenção dos respetivos equipamentos de deposição, envolvendo um investimento de 30 mil euros e cuja execução teve início em 18 de setembro de 2017; para varredura mecânica em todo o Concelho, num investimento de 91 mil euros e cuja execução teve início em 21 de setembro de 2017; e para varredura e lavagem de vias e passeios (para dois anos), num investimento de quase 660 mil euros, e cuja execução teve início em 21 de setembro de 2017.

Fruto de decisões tomadas ainda pela maioria CDU, foram adjudicados já em 2018 dois outros concursos para aquisição de equipamento indispensável à melhoria da intervenção municipal neste domínio: lançado a 7 de março de 2017 o concurso público para aquisição de quatro viaturas pesadas de 10 toneladas, duas com plataforma elevatória e duas com grua, num investimento de perto 508 mil euros, adjudicado na reunião da Câmara Municipal de 21 de fevereiro de 2018; e a 31 de maio de 2017 aquele que agora foi concluído.

Um investimento de 1,8 milhões de euros na melhoria dos serviços prestados pela Câmara Municipal de Almada nos domínios da higiene e limpeza urbanas, sentida de forma bem visível nos últimos meses pelos Almadenses, decisões de investimento tomadas durante o último ano do mandato anterior em que a Câmara Municipal teve maioria CDU.

A CDU Almada sublinha a importância das decisões que tomou, que se traduzem hoje na melhoria da qualidade do ambiente urbano e da vida de todos os Almadenses.

Almada, 22 de março de 2018
A Coordenadora da CDU de Almada

Contra o corte da ligação fluvial entre a Trafaria, Porto Brandão e Lisboa

No dia 24 de Março, os militantes do PCP, organizados na Trafaria, participaram em mais uma iniciativa de contato com a população, na sequência da inaceitável decisão da Administração da Transtejo, que perante o constrangimento provocado pelo aluimento de terras junto ao terminal de Belém, decidiu cortar a operação fluvial, em vez de deslocar operação para o terminal do Cais do Sodré, que tem todas as condições para receber estes navios.

CDU reuniu com Corporações de Bombeiros do Concelho

No âmbito da intervenção pública dos vereadores eleitos pela CDU na CM Almada, realizaram-se em 20 de março reuniões de trabalho com as Direcções e Comandos das Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Almada, Cacilhas e Trafaria.

Saudação às Mulheres!

No Dia Internacional da Mulher, os Vereadores e Vereadora da CDU na Câmara Municipal de Almada, saúdam vivamente a determinação na luta de todas as Mulheres, e em especial das Mulheres Trabalhadoras de Almada e do seu Município, pelo reconhecimento dos seus inalienáveis direitos, pela igualdade e pela dignidade.

A CDU irá votar favoravelmente a proposta da Câmara Municipal relativa à regularização dos vínculos inadequados existentes no Município de Almada que a Câmara Municipal nos apresenta.

Voto de Pesar pelo falecimento de Fernando Proença de Almeida

Fernando Proença de Almeida autarca e distinto dirigente associativo do Concelho de Almada, faleceu em Almada no passado dia 19 de fevereiro de 2018.

Defesa das condições ambientais relativas ao funcionamento da fábrica de óleos da Sovena em Palença de Baixo/Pragal

Na Sessão Ordinária da Assembleia Municipal realizada no dia 28 de novembro de 2016, a Assembleia Municipal aprovou por larga maioria – apenas com um voto de abstenção do Deputado Municipal eleito pelo CDS-PP – uma Deliberação relativa às condições de laboração e impactos dela resultantes junto das populações da fábrica de óleos da empresa SOVENA, situada em Palença de Baix

Moção/Saudação ao Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher Trabalhadora foi proposto por Clara Zetkin na 2ª Conferência Internacional de Mulheres que decorreu em Copenhaga em 1910. Ao propor a celebração deste dia, a revolucionária pretendeu assinalar a luta emancipadora das mulheres, em particular as lutas das sufragistas pelo direito ao voto e a luta das operárias têxteis pela redução do horário de trabalho e por condições dig

Moção "No 30º Aniversário da aquisição da Casa da Cerca - Centro de Arte Contemporânea"

A Casa da Cerca foi adquirida pela Câmara Municipal de Almada em 1988, celebrando-se no corrente ano o 30º Aniversário da vinda à posse pública do Município daquela significativa peça do património arquitetónico e cultural, cujas origens remontam aos séculos XVII/XVIII e é considerado o maior e mais característico exemplar de arquitectura civil setecentista em Almada.

Intervenção sobre Freguesias, Descentralização e Proximidade

Intervenção de Luís Palma, Presidente da Junta das Freguesias de Laranjeiro-Feijó e Deputado Municipal da CDU...

Intervenção sobre Associativismo, Habitação, Acção Social

Intervenção sobre Associativismo, Habitação, Acção Social no debate das Opções do Plano e Orçamento do Município de Almada para 2018.