Registou-se ontem, dia 11 de Abril, uma rotura de uma conduta de abastecimento de água domiciliária na Rua de Olivença, bem no centro da Cidade de Almada, que provocou prejuízos numa viatura automóvel e num estabelecimento comercial daquela artéria.

No anterior mandato autárquico de gestão CDU, os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Almada definiram um amplo programa de intervenção visando a renovação da rede de abastecimento de água domiciliária e de drenagem de efluentes em toda a área de Almada Velha, num investimento previsto superior a 50 milhões de euros, incluindo as obras executadas no mandato anterior e as obras a concretizar até 2021, estando previsto um financiamento de três milhões de euros do Banco Europeu de Investimentos (BEI), cuja aplicação tem que ser neste território.

Aquele programa de intervenções estava em curso e com obras já concluídas, como são exemplo as obras realizadas da Rua Luis de Queiroz, parte da Rua de João I, Av. Heliodoro Salgado e Rua Fernão Lopes. Aquele plano de investimentos identificava já como prioridades para o atual mandato, precisamente a Rua de Olivença, existindo inclusivamente projecto elaborado. A Rua de S. Paulo, a Rua do Registo Civil e a Av. do Cristo-Rei são outras prioridades definidas.

A CDU Almada, bem como a população do Concelho em geral, desconhece as orientações da atual gestão dos Serviços Municipalizados de Almada nesta matéria, mas a verdade é que esta obras não são assumidas como prioridade no Plano dos Serviços Municipalizados de Almada para o ano de 2018, e até ao momento, passados cinco meses sobre a tomada de posse da atual maioria, nenhuma das obras previstas e calendarizadas no anterior mandato foi iniciada na zona de Almada Velha.

Relativamente à Rua de Olivença no concreto, a Câmara Municipal de Almada iniciou, em articulação direta com os residentes e comerciantes locais e igualmente durante o anterior mandato autárquico, um processo de diálogo tendo em vista a concretização de uma intervenção de revitalização, recuperação e reconfiguração geral daquela via de circulação do centro de Almada, cujo processo se encontrava em desenvolvimento no momento das eleições autárquicas realizadas em 1 de Outubro passado, e sobre o qual, desde então, a atual maioria PS/PSD que governa a Câmara Municipal de Almada deixou simplesmente de falar.

A CDU Almada alerta para a urgência de concretização do plano de investimentos na renovação da rede de abastecimento de água e saneamento da zona mais antiga de Almada, redes que possuem em muitos casos mais de 40 anos de vida e de intensa utilização, e que a não ser renovada no quadro do programa estabelecido poderá provocar a ocorrência de novos incidentes como o ontem ocorrido na Rua de Olivença.

A CDU Almada regista ainda um voto de reconhecimento aos trabalhadores do sector operacional dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Almada, que rapidamente e com elevado profissionalismo, assumiram a intervenção de reparação da rotura ontem registada na Rua de Olivença.

Almada, 12 de Abril de 2018
A Coordenadora da CDU Almada